Xixis com Farturinha

Podemos definir o caráter de uma pessoa apenas olhando como ela trata os animais.

Há pouco mais de um ano e meio apareceu na casa da minha avó um cachorrinho de dois meses, deixado ali pela mãe dele que de vez em quando aparecia no quintal da minha avó na freguesia de Cossourado, em Paredes de Coura.

A verdade é que a minha avó acabou por alimentá-lo diariamente e ele acabou por ali ficar. Acontece que a minha avó tem 90 anos e foi para Lisboa para perto dos filhos e o cão, agora com pouco mais de ano e meio, ficou no quintal onde sempre esteve, solto e tenho ido todos os dias alimentá-lo. A semana passada uma das vizinhas queixou-se que temos de prendê-lo, porque ele corre atrás das ovelhas. Assim fiz, mas partiu-me o coração. O nome dele é Simba e é o cão mais carinhoso e brincalhão que alguma vez vi. Nunca mordeu ninguém e nem ladra a pessoas. Só tem o defeito de correr atrás do que não deve.

Fui ameaçada que chamariam o canil, caso o cão não fosse preso. Infelizmente para mim e por razões familiares, não posso ficar com ele.

Falei com muitas pessoas mas ninguém quer cães. E não quero de forma alguma mandá-lo para um canil. É super amoroso, muito amigo e só quer mimos. 

4

15 Outubro, 2015


Artigo Anterior

Artigo Seguinte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *