Xixis com Farturinha

Podemos definir o caráter de uma pessoa apenas olhando como ela trata os animais.

Felizmente é uma excepção mas é preciso denunciar este tipo de abusos.

TREINADOR DE INSPECTOR MAX EM TRIBUNAL

A notícia é antiga mas achamos por bem recordar para que nunca se esqueçam este tipo de situações.

Donos de cães da escola de treino ‘Acendura Brava’ apresentaram queixas contra o treinador, João Garrido, na Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais, no Clube Português de Canicultura e na Direcção-Geral de Veterinária (DGV), por alegados maus tratos aos animais durante as aulas. Na sequência da notícia avançada pelo CM a 14 de Agosto, o treinador da série ‘Inspector Max’, da TVI, e proprietário da escola, foi também acusado de maus tratos a Kirios, pastor alemão propriedade de Juan Gavilan, e a outros cães. Maria do Céu Sampaio, presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais, disse que a Liga deverá deslocar-se ao local “para saber como funciona a escola” e acrescentou que vai pedir à DGV que proceda à fiscalização da ‘Acendura Brava’. Também Sandra Lopes, antiga aluna da escola, disse ter visto Garrido dar “murros, pontapés e agressões com bastões da polícia aos cães”. Mas apesar de assistirem aos maus tratos, “os donos são convencidos pelo treinador de que os seus métodos são os mais adequados”, acrescentou Sandra.

Confrontado com as queixas, Garrido diz desconhecer “quaisquer ocasiões em que tenham sido infligidos murros e pontapés” e considera que as queixas são “uma campanha difamatória” contra si e que os que o acusam pretendem “ganhar fortunas à custa dos animais de que são proprietários”.

4

29 Agosto, 2015


Artigo Anterior

Artigo Seguinte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *