Xixis com Farturinha

Podemos definir o caráter de uma pessoa apenas olhando como ela trata os animais.

ENVENAMENTO DE CÃES EM HOTEL PET – LISBOA

Enviaram-nos por mensagem esta denuncia:
A polícia investiga a morte de dois cães, possivelmente por envenenamento, dentro de um hotel para animais em Lisboa. Um dos cães mortos, era da raça westie terrier,e tinha 4 anos; o outro, era um dachshund, com dois anos.

O primeiro foi levado para o hotel pelo dono em 19 de Janeiro e deveria permanecer até o dia 29 do mesmo mês. O segundo entrou no hotel no mesmo dia do primeiro e tinha o seu alojamento agendada até ao dia 16 deste mês. A diária no hotel custa 30€, quando os dois cães morreram, outros 26 cães também estavam no local.

Na manhã de 28 de Janeiro uma funcionária do hotel iniciava o seu turno de trabalho quando encontrou o primeiro cão caído. Ao lado do cão havia uma mancha de sangue. Como não reagia, os responsáveis pelo hotel resolveram levá-lo para uma clínica veterinária, onde ele foi medicado, mas sem que fosse possível detectar porque ele sentia fortes dores.

Pouco tempo depois de a dona do hotel regressar da clínica veterinária, ela percebeu que também apresentava os mesmos sintomas de sofrimento e também o levou para receber atendimento especializado.

Entre a noite do dia 28 e a manhã de 29 de Janeiro, o quadro dos dois animais começou a piorar e ambos vomitaram bastante, sempre com sangue, e a urinar bem escuro. O primeiro morreu às 4h do dia 29; o segundo às 8h, exatamente na hora programada para que o dono o retirasse do hotel.

Os corpos dos dois cães estão na clínica veterinária onde foram tratados e estão à espera da realização de autopsia.

Investigação

O possível envenenamento dos dois cães é alvo de uma investigação. Nenhuma das áreas abertas do hotel tem rede de proteção para evitar que objetos sejam arremessados para os animais. Trabalhadores da construção civil contratados por um restaurante vizinho do hotel estão sendo procurados para prestar esclarecimento. Na noite de 27 de Janeiro, período em que os cães provavelmente foram envenenados, eles trabalharam até por volta das 23h30 numa obra no restaurante. Vizinhos relataram à polícia que os cães estavam bastante agitados.

Um dia antes do possível envenenamento dos cães, o pai da dona do restaurante vizinho do hotel procurou os responsáveis pelo lugar para reclamar do odor que partia da área ocupada pelos animais.

Na manhã de 7, o mesmo homem voltou a reclamar do hotel para cães e informou que pretendia começar a levantar o muro que separa os dois estabelecimentos.

A dona do restaurante afirmou que o odor das áreas abertas do hotel atrapalha o atendimento aos seus clientes. No mês de dezembro, segundo ela, um homem que jantava lá decidiu reclamar com os responsáveis pelo hotel. Ainda segundo a dona do restaurante, o cliente prometeu denunciar o estabelecimento às autoridades.

Deixamos o resto à vossa consideração. O que pensar de pessoas assim?

[sociallocker]Não nos informaram mais detalhes sobre o local ou nome do hotel, restaurante e empresa de construção civil. Se nos informarem denunciaremos.

6

2 Março, 2015


Artigo Anterior

Artigo Seguinte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *